Home

Fiz Angiografia fluoresceinica e acusou sequela de Coroidopatia Serosa meão . Fale acerca este ponto.?

Segundo o médico este problema em mim é vasqueiro e irreversivel. O vistoria foi solicitado tendo em vista subida pressão ocular. O olho esquerdo está mais comprometido que o recta. Foi receitado colirio OFTANE e vitamina Vitalux Plus e retornar em dois meses. Sou extremamente estressada.

2 respostas

  • Publicada em 2008-07-14 por Anónimo

    Os aspectos clínicos da coroidoretinopatia médio serosa (CCS) foram inicialmente descritos por Von Graefe em 1886. tapume de século anos depois, Maumenee, utilizando-se da angiofluoresceinografia, observou que o descolamento seroso da retina na região macular era conseqüência do escape de contraste no epitélio pigmentado da retina (EPR).

    A CCS atinge preferencialmente indivíduos do sexo masculino (em 85% dos casos), na filete etária de 20 a 45 anos. É rara em pacientes da raça negra, e pode apresentar formas atípicas quando atinge indivíduos de origem latina e oriental.

    Pacientes com personalidade descrita porquê "perfil tipo A", caracterizados por altos níveis de tensão emocional e sofreguidão, apresentariam predisposição para o desenvolvimento da CCS.

    A doença é tipicamente unilateral, podendo assaltar o olho adelfo em 10% dos casos de forma simultânea ou intercalada. Apesar da unilateralidade, são observadas alterações atróficas do EPR nos olhos contra-laterais em tapume de 1/3 dos pacientes.

    A patogênese da CCS permanece obscura. Trabalhos experimentais com eletroculografia demonstraram alterações difusas no EPR, representadas por mudanças no fluxo iônico através destas células. Outros autores foram capazes de simular quadros de CCS em animais, através da injeção endovenosa de epinefrina e intravítrea de indometacina.

    Os corticosteróides parecem estar envolvidos na gênese da CCS, uma vez que pacientes submetidos a tratamento com corticoterapia prolongada, gestantes e portadores da Síndrome de Cushing, apresentam maior predisposição para o desenvolvimento da doença.

    O chegada da indocianinografia verdejante trouxe novas perspectivas no conhecimento da CCS. Múltiplos pontos de vazamento na coriocapilar são observados no reza do examinação, diferentemente dos raros pontos de escape vistos na angiofluoresceinografia.

    Esta reparo sugere que o evento inicial da doença seja um aumento da permeabilidade da coriocapilar e posteriormente, uma descompensação do EPR.

  • Publicada em 2008-07-14 por Anónimo

    O.O
    kase q eu q fiko sego com esse monte de palavrão!

Utilize o formulário para responder a esta pergunta